IÊ !

IÊ !

Iê !Meu grito ganhou o espaçopartiu grilhõescorreu matovirou quilombos Iê !É a liberdade dita, que nunca chegouA liberdade ganhada, mas